quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Um europeu mais português

No site do Benfica com o título acima: "Há 12 anos que as águias não entravam em campo com sete jogadores lusitanos numa partida da fase de grupos da Liga dos Campeões." Fonte.

De forma nojenta

O blog que lidera a quinta-coluna, o tal da geração, continua de forma nojenta o ataque a Direcção e à Informação do Benfica. Ao pé do que os seus operacionais escrevem, os donos desse cipaios, os da Famigerada Aliança, devem sentir-se desnecessários.

Bloguista analisa Benfica monocórdico

Sobre o jogo de ontem com o AEK: "Muita circulação de bola sem qualquer tipo de objetividade e a um ritmo monocórdico que facilita a vida aos adversários (...) Continuou o futebol mastigado e previsível que os gregos iam controlando com tranquilidade (...) O ritmo monocórdico que a equipa apresentou durante grande parte da partida é exasperante. Ou se altera este estado de coisas ou cada jogo vai ser um sofrimento." Fonte.

Se fosse Renato Paiva...

O Benfica despediu-se ontem da Champions com uma descolorida vitória sobre o AEK por 1/0. Imaginem se fosse Renato Paiva a analisar o jogo, caso fosse ele o treinador, batendo duro tal como fez em relação à sua equipa da Youth League, aqui.

Produção estratégica de niilismo no seio do Benfica (QUARTA PARTE)

Campo privilegiado dos ataques é o das notícias falsas. O presidente Luís Filipe Vieira, os vices e o treinador Rui Vitória são os alvos principais da campanha multilateral há muito tempo em curso. A trave-mestra ideológica da campanha baseia-se na famosa frase "uma mentira repetida muitas vezes torna-se verdade", atribuída a Joseph Goebbels. Finalmente: acredito que a equipa de psicólogos do Benfica sabe como fazer face à campanha.
Fonte da foto aqui. Número da terceira aqui. Sobre outro tipo de consequências da campanha, consulte aqui.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Foram 3

O Benfica acaba de vencer o AEK por 3/0 em jogo a contar para a Youth League. Podiam ter sido mais.

Crença

Acredito que logo o Benfica jogará à Benfica e que manterá o ciclo de vitórias perante o AEK.

Produção estratégica de niilismo no seio do Benfica (TERCEIRA PARTE)

Para tudo dizer: destruir a construção do futuro organizacional, desportivo e financeiro do Benfica. Para esse trabalho, a Famigerada Aliança conta com operacionais da quinta-coluna, aquartelados em alguns blogs de falsos benfiquistas. Há dois tipos de operacionais: (a) os das grandes acções, como, por exemplo, o director de informação do crime organizado (o arguido insolvente) ou de certos comentaristas de tvs; (b) os das pequenas acções, que estão constantemente a intervir com comentários nos jornais e nas tvs fazendo-se passar por benfiquistas preocupados com o que chamam "crise" do clube. 
Fonte da foto aqui. Número da segunda parte aqui. Sobre outro tipo de consequências da campanha, consulte aqui.

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Mais uma Casa do Benfica vandalizada

A Casa do Benfica em Algueirão-Mem Martins foi uma vez mais vandalizada, veja aqui. Indiscutivelmente um efeito da campanha de ódio promovida, faz muito tempo já, pela Famigerada Aliança e pelos seus operacionais.

A matemática do VAR

Um texto do Benfica com o título acima a ler aqui.